quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Idade Média: floresta repleta de símbolos


Para a Idade Média o universo era um livro imenso, escrito pela própria mão de Deus, onde cada ser era uma palavra cheia de significado.

Para o medieval o ignorante apenas olha e vê figuras para se instruir. O sábio se eleva das coisas visíveis às invisíveis. Na natureza ele lê o pensamento de Deus.

A ciência não consistia então em estudar as coisas em si mesmas, mas em penetrar os ensinamentos que Deus nelas pôs para nós homens.


Era assim que o medieval caminhava, numa floresta repleta de símbolos, sob um céu povoado de idéias, iluminado pela luz de Cristo, abençoado pela sua graça, sob o manto maternal da Virgem Mãe de Deus.

Veja exemplos:


Desejaria receber atualizações gratuitas de "Glória da Idade Média" em meu email