domingo, 27 de maio de 2012

Idade Média: caridade cristã exorcizou a brutalidade pagã

O prof. Thomas Woods (ver aulas) W. E. H. Lecky destaca que nem na prática nem na teoria a caridade ocupou na Antigüidade uma posição comparável à que teve no Cristianismo.

O historiador da medicina Fielding Garrison mostra que antes de Cristo "a atitude face à doença e à desgraça não era de compaixão. O crédito de cuidar dos seres humanos enfermos em grande escala deve ser atribuído à Igreja”.

 Os cristãos causavam admiração pela coragem com que atendiam os agonizantes e enterravam os mortos. Os pagãos abandonavam em ruas e estradas os parentes e melhores amigos doentes, semi-mortos, ou mortos sem enterrar.


O hospital foi criado pelo cristianismo e desenvolvido no Idade Média pelas órdens hospitalres (primeiro as militares). Na foto Hospital de Beaune, França, medieval
O hospital foi criado pelo cristianismo e
desenvolvido no Idade Média pelas órdens hospitalres (primeiro as militares).
Na foto Hospital de Beaune, França, medieval
Santo Agostinho fundou uma hospedaria para peregrinos, resgatou escravos, deu roupa aos pobres.

São João Crisóstomo fundou hospitais em Constantinopla. São Cipriano e Santo Efrém organizaram os auxílios durante epidemias e fomes.

O rei de França São Luís IX dizia que os mosteiros eram o "patrimônio dos pobres". Eles davam diariamente esmolas aos carentes.

Por vezes, míseros seres humanos passavam a vida dependendo da caridade monástica ou episcopal.

Também os monges, os de Cluny por exemplo, distribuíam alimentos aos pobres em sufrágio da alma de um religioso falecido, durante trinta dias no caso de um simples monge, e durante um ano no caso de um abade.

E, às vezes, perpetuamente.





AS CRUZADASCASTELOS MEDIEVAISCATEDRAIS MEDIEVAISHERÓIS MEDIEVAISORAÇÕES E MILAGRES MEDIEVAISCONTOS E LENDAS DA ERA MEDIEVALA CIDADE MEDIEVALJOIAS E SIMBOLOS MEDIEVAIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.